MEIs recebem suporte contábil gratuito por meio de aplicativo para smartphone

MEIs recebem suporte contábil gratuito por meio de aplicativo para smartphone

 

Somente entre maio e setembro deste ano, mais de 20 mil perguntas foram respondidas pelos empresários contábeis que integram a iniciativa. Como emitir nota fiscal, regularizar situações de inadimplência ou acrescentar nova atividade na empresa estão entre as dúvidas mais comuns. O prazo para resposta é de até 24 horas, mas o tempo médio de espera é de um minuto e 15 segundos. “O empreendedor acessa o chat, abre um chamado e em seguida é conectado com um profissional contábil cadastrado no programa”, explica o CEO da Conta.MOBI, Ricardo Capucio. O índice de satisfação é superior a 97%.

Para o presidente da Fenacon, Mario Elmir Berti, o Contadores do Bem é uma importante ferramenta de inclusão social. “A iniciativa possibilita que empreendedores individuais com dificuldades se conectem com empresas contábeis próximas que sejam capazes de solucionar suas dúvidas de forma profissional e eficaz”, destaca.

Há serviços financeiros digitais para abertura de uma conta bancária jurídica. “Separar as finanças pessoais dos fundos da empresa é essencial para o sucesso dos negócios. Mas para muitos micro e pequenos empresários, os serviços financeiros tradicionais podem significar alto, principalmente no início da atividade. A grande vantagem é o custo”, explica o presidente da Fenacon. 

Ao contrário dos bancos tradicionais, a Conta.MOBI não possui taxa de manutenção e pode ser utilizada gratuitamente. “O empresário só tem um custo pequeno quando for beneficiário, que não chega a 50% do valor cobrado pelas máquinas de cartão convencionais. E ganha uma forma de controle mais efetiva de suas operações pelo sistema simples do app”, completa Berti.

 

Disponível para MEIs, vendedores autônomos, pequenas empresas e pessoa física, o sistema permite a realização de transferências e a emissão de boletos, além de cartão de crédito empresarial e máquina para receber pagamentos em cartão.

Fonte: Associação Comercial do Amazonas

Informações Adicionais